Portal de Notícias
NOTÍCIAS: FUNALFA
JUIZ DE FORA - 16/1/2007 - 18:09



Batuque Afro-brasileiro de Nelson Silva é registrado como Bem Imaterial



Por meio do Decreto nº 9.085, de 15 de janeiro de 2007, o grupo Batuque Afro-brasileiro de Nelson Silva foi registrado como Bem Imaterial pelo valor histórico e cultural que envolve sua tradição, divulgando a cultura negra através de suas composições, suas letras, seus cantos, seus lamentos, suas raízes e suas danças. Para o atual presidente da entidade, Flávio Aloísio Carneiro, esse é um momento ímpar. “Como ficou registrado no livro do historiador juizforano Osvair Antônio de Oliveira, o Batuque não é um grupo folclórico, e sim, de resistência, como fica evidente em seus 43 anos de existência”, afirma Carneiro.

Criado em 1964 por iniciativa do compositor Nelson Silva (1928-1969), com o fim de ser um grupo amador de estudo e difusão de música popular brasileira, o Batuque constituiu uma das grandes expressões da cultura popular de Juiz de Fora. Ao cantar as dificuldades e as esperanças dos antepassados, os integrantes do grupo entoam suas próprias lutas, mantendo vivo o compromisso de preservar as tradições.

Mantendo-se fiel às suas origens e aos ideais de seu criador, o Batuque é a única entidade cultural no Brasil que mantém um repertório próprio, com cerca de mais de 80 obras, em que músicas, arranjos e danças foram criadas ou adaptadas por Nelson Silva. Sambas, lamentos, batuques, canções, toadas, maculelês e hinos são presenças constantes nas apresentações do grupo.

Composto unicamente por negros de diversas classes, o Batuque é, hoje, um símbolo de resistência da cultura negra. Sempre se apresentando em colégios, igrejas, universidades, terreiros de umbanda, praças públicas e, através de seu coral, em missas e casamentos, o grupo está, a todo tempo, disposto a divulgar a cultura afro-brasileira.

A entidade conta com apoio da Prefeitura de Juiz de Fora, por meio da Funalfa, e também criou, em parceria com a Câmara Municipal de Juiz de Fora, a Medalha Nelson Silva, com o objetivo de perpetuar o nome de seu criador e homenagear personalidades negras da cidade, do estado e do país. O registro do Batuque Afro-brasileiro de Nelson Silva como Bem Imaterial reafirma o compromisso da administração do prefeito Alberto Bejani em preservar e promover as autênticas manifestações da cultura popular em Juiz de Fora.

*Outras informações com Flávio Aloísio Carneiro pelos telefones 3690-7053 e 9987-4298.



 IMPRIMIR 
27/3/2017 - SO
Contenções em rua no Bairro Três Moinhos estão 60% concluídas
27/3/2017 - SE
E.M. “Irineu Guimarães” comemora Dia Nacional do Circo com oficina para os alunos
27/3/2017 - SE
Educação contemporânea é tema de seminário internacional em JF
27/3/2017 - DEMLURB
Demlurb realiza evento de doação de cães do Canil Municipal
27/3/2017 - FUNALFA
CEU/Zona Norte celebra dois anos com atrações culturais
27/3/2017 - FUNALFA
“Sessão Cidadão” - “A Bela e a Fera” é a atração desta semana
27/3/2017 - SCS
“Bem Comum” promove ação para beneficiar crianças e adolescentes
27/3/2017 - MAPRO
Mais de 1.200 pessoas visitam parque do museu no dia de atividades especiais do Mês da Mulher
27/3/2017 - SEDETTUR
JFEmpregos oferece 26 novas oportunidades nesta segunda-feira
27/3/2017 - CESAMA
Trânsito no Bandeirantes é alterado para troca da rede de esgoto
24/3/2017 - SDS
Bairros Nova Germânia e Santo Antônio recebem serviços do Cras
24/3/2017 - SMA
Palestra lembra aos alunos a importância da preservação da água
24/3/2017 - SCS
“Bem Comum” entrega alimentos a instituições da cidade
24/3/2017 - SARH
Candidatos a fiscais de posturas fazem psicotécnico neste domingo
24/3/2017 - CESAMA
Obra da Cesama na Rua Benjamin Constant interdita trânsito
24/3/2017 - SARH
Edital 04/2016 – Primeira prova do concurso será realizada domingo
24/3/2017 - SESUC
Aula de defesa pessoal feminina tem turma extra
24/3/2017 - SETTRA
Settra fecha ruas para ´Bem Comum` e ´Corrida Suprema`
24/3/2017 - SEDETTUR
JFEmpregos oferece 48 novas oportunidades nesta sexta-feira
24/3/2017 - SDS
Casa de Acolhimento Vivendas do Futuro pede doação de garrafas pet
Prefeitura de Juiz de Fora
Av. Brasil, 2001 | 6° andar - Centro - Juiz de Fora/MG - CEP: 36060-010
Todos os direitos reservados. Copyright © 2016 - Site versão 3.0